SHOWS

Os shows do Guarará são repletos de surpresas. Além de brincadeiras, danças e interação com o público, seus integrantes utilizam instrumentos típicos de diferentes regiões do Brasil tais como: tambores e casacas - ES, rabeca de Cananéia - SP, atabaques - BA, viola caipira – que ocorre em todo o Brasil, dentre outros.

O repertório é baseado em composições dos integrantes do grupo, além de temas colhidos a partir de pesquisa realizada com grupos tradicionais da cultura popular. Com duração média de 1 hora, o show agrada à todas as classes sociais, idades e níveis intelectuais, pois traz a tona a essência da musicalidade ancestral e essencial do indivíduo, tendo em vista o contato que o público tem com as músicas, a dança e a sonoridade dos instrumentos utilizados pelo grupo.




























OFICINAS

Além dos espetáculos e shows ao vivo o trabalho do grupo também consiste na arte-educação pela linguagem musical. O "Projeto Guarará" oferece uma série de oficinas e workshops ministrados por seus integrantes, visando a interação com o público em geral e com a cena artística dos locais por onde passam.

VIVÊNCIAS

No caso da impossibilidade orçamentária e/ou logística de realizar-se as oficinas, é possivel também serem realizadas vivências com a finalidade de introduzir o conteúdo oferecido pelo grupo, com duração reduzida (3 horas cada).

Relação de oficinas oferecidas pelo Guarará

PROJETO GUARARÁ
- Workshop de Congo ES (bate papo + vivência prática)

BETO MENDONÇA
- Oficina de Áudio Visual (Vídeo-Áudio-Foto)

CARLOS ZIMBHER
- Oficina de Canto Popular
- Oficina de Musicalização para Iniciantes (violão)
- Oficina de Produção Executiva para Shows e CDs

CRIS GLÓRIA
- Oficina de Cantigas Brasileiras

DANI ZULU
- Oficina de Percussão
- Oficina de Criação de Repertório Brincadeiras Musicais
- Oficina de Percussão Corporal
- Oficina de Ritmos Brasileiros na Percussão Corporal

FILPO RIBEIRO
- Oficina de Rabeca Brasileira

RAFAELLA NEPOMUCENO
- Oficina de Retrato
- Oficina: Dança das Cores

Duração

As oficinas tem 12h de duração e são divididas em 4 encontros de 3 horas cada.
1º e 2º encontros: ensino do conteúdo / 3º encontro: ensaio / 4º encontro: apresentação.

Exceto a Oficina de Audio Visual que será:
1º, 2º e 3º encontros: ensino do conteúdo / 4º encontro: prática (registro do show do Guarará).

Sugestão de Blocos de Oficinas

A quantidade de oficinas a serem ministradas, poderá variar de acordo com o interesse do contratante. O contratante pode, por exemplo, escolher apenas duas das oficinas, três delas ou todas. O grupo indica, no entanto, alguns blocos com a finalidade de realizar ao final, uma vivência musical com os participantes:

Bloco 1 (4 oficinas): Workshop de Congo ES, Oficina de Rabeca, Oficina de Retrato e Oficina de Canto Popular.
Tem o intuito de formar uma roda de Congo do Espírito Santo com rabeca e de criar um cenário com o retrato dos alunos;

Bloco 2 (3 oficinas): Crianças - Oficina de Musicalização e Oficina de Percussão Corporal. Educadores - Oficinas de Criação de Repertório de Brincadeiras Musicais com base na Cultura Popular.
A finalidade deste bloco é propiciar aos educadores a possibilidade de experimentar as brincadeiras criadas por eles na finalização das oficinas direcionadas às crianças.

Bloco 3 (3 oficinas): Oficina de Ritmos Brasileiros na Percussão Corporal, Oficina de Cantigas Brasileiras e Oficina: Dança das Cores.
Tem o intuito de formar um grupo que trabalhe com a integração das diferentes linguagens (musical, vocal, corporal/visual) em um mesmo ritmo e de criar um cenário com a arte advinda da “dança colorida” dos alunos.

Bloco 4 (3 oficinas): Workshop de Congo ES, Oficina de Áudio Visual e Oficina de Produção Executiva de Shows e CD.
Com o objetivo de criar um produto áudio visual.

*Outros blocos com no mínimo 2 oficinas, podem ser também sugeridos pelo contratante.


Para mais informações escreva para: projetoguarara@gmail.com